No desenvolvimento do ser humano um dos períodos mais importantes da vida é sem dúvida a primeira infância. Com o propósito de contribuir para a formação integral das crianças é que estão estruturados os Jardins de Infância Waldorf.

O Jardim de Infância Waldorf

Considerando-se que nesta fase da vida ela está desenvolvendo seus sentidos, seu pensar imaginativo, sua capacidade de criar, que está estruturando seu pensar, seu corpo físico e principiando sua vida de relações é que as vivências em um Jardim de Infância são extremamente salutogênicas.

A manhã da criança começa de forma tranqüila e alegre aonde ela participa de atividades simples e repletas de sentido. A cada manhã ela ajuda a preparar o lanche do dia, um dia da semana faz o pão, outro lava os panos de brincar, algumas vezes desenha ou pinta com aquarela, aprende a consertar os brinquedos da classe, costura as roupinhas das bonecas e todo o dia brinca livremente fora no parque e dentro da classe.

Enquanto junto com a professora algumas crianças integram-se a estas atividades, outras brincam na classe utilizando-se dos mais diversos materiais que permitem sua livre expressão e diferentes percepções táteis como troncos de madeira, sementes, panos, bonecas simples de tecidos de algodão, etc .

Enquanto isto, se espalha pela sala o aroma delicioso do pão assando e do chá de ervas que logo será servido, outras vezes dos legumes cozinhando na sopa, ou das frutas sendo picadas para uma deliciosa salada de frutas.

Em seguida as mãozinhas são lavadas e que delícia! Hora de saborear o delicioso lanche preparado com a ajuda das crianças, composto de ingredientes naturais e saudáveis sendo servido com grande alegria e precedido de versos como um gesto de gratidão à natureza e a todos que de alguma forma contribuíram para que ele chegasse a mesa das crianças.

Mas antes da tão esperada hora do lanche, é o momento onde o grupo todo se une para a roda cantada cheia de versos, gestos e canções quando então são trazidos para as crianças os elementos das estações do ano e das festas que enriquecem a época do ano.

Após o lanche, hora de brincar lá fora em meio aos raios de sol, terra, árvores, troncos, areia e água (quando possível). É um momento de grandes explorações e brincadeiras em grupos, onde toda a natureza ao redor é desbravada movimentando todo o corpo. Pular corda, correr, subir, descer, enfim, no brincar no parque fora a criança tem a chance de experimentar e vivenciar as noções de seu próprio corpo com movimentos diversos, equilibrando-se,pendurando-se,percebendo peso, velocidade, altura, lateralidade que proporcionam o desenvolvimento de sua coordenação motora, imagem corporal, noção espacial, equilíbrio, que são importantíssimos para o seu desenvolvimento escolar mais tarde.

No ambiente do Jardim Waldorf a criança é envolvida por segurança, beleza e alegria vivenciando um mundo bom pertinente à infância e desenvolvendo-se física, anímica e espiritualmente.

As crianças envolvem-se em um brincar pleno de calor e de imaginação. Constroem casas, se fantasiam com panos assumindo personagens no brincar, viajam na fantasia, aonde as cadeiras se transformam em seus barcos ou trens, numa atmosfera de intensa imitação e criatividade.