O dia-a-dia no Jardim dos Limões

O que fazemos

1) Nosso trabalho é todo embasado no ritmo. Ritmo é algo fundamental, pois conduz a criança diariamente através das atividades propostas com segurança e confiança.

     No ritmo do dia temos: brincar livre dentro de sala, desenhar, a preparação da refeição junto do(a) educador(a), roda rítmica, lanche, higienização, brincar livre no pátio e escutar história. Intercalando momentos de concentração e expansão, como numa respiração.

     No ritmo semanal em cada dia da semana se realiza uma atividade que marca este dia. Pode ser modelagem, aquarela, caminhada, produção dos enfeites da época para a sala, jardinagem, marcenaria, lavar as roupinhas da sala, etc. A alimentação, os ajudantes do dia e outros detalhes também podem ajudar a marcar os dias da semana.

   No ritmo mensal, que dura aproximadamente 4 semanas, são vivenciados diferentes temas (ou épocas) que dão conteúdo para as histórias, para a roda, para o teatro, para os enfeites de sala, músicas, brincadeiras e atividades manuais. Tudo isto cria um ambiente da época e leva a criança a vivenciar e a participar da preparação e da comemoração da festa do ano correspondente.

   O ritmo anual tem a ver com as estações do ano: Verão, Outono, Inverno e Primavera. Estas são acompanhadas pelas Festas Anuais do calendário cristão, que coroam algumas épocas do ano: Natal, Páscoa, São João, São Micael. Desta forma, o ritmo diário é permeado pelo ambiente, elementos e músicas de cada uma destas épocas e festas, trazendo assim para a criança uma vivência cultural e temporal através das imagens destes períodos.

2) No Jardim dos Limões as vivências e aprendizagens se dão por meio do brincar, da imitação e da imaginação, fortalecendo assim a criança em sua integralidade. As crianças têm momentos para brincar livremente dentro da sala e no pátio, com brinquedos artesanais de diferentes tipos de materiais naturais (como madeira, lã, algodão, conchas, sementes, bambu, etc) e com elementos da natureza (como areia, terra, água, folhas, pedras, etc).

               Este tipo de material ajuda a desenvolver a percepção do mundo através dos sentidos (texturas, cheiros, tamanhos, formas, etc) e possibilita noções físicas do mundo (como peso, leveza, distancias, formas, etc). Além disto, proporciona amplas possibilidades de brincadeiras criativas. Tudo isto ajuda no desenvolvimento da imaginação e da criatividade na criança. No brincar livre a criança também está realizando a sua necessidade de movimentar-se: ao subir, agachar-se, pular, equilibrar-se, pendurar-se, rolar, engatinhar, etc.

               Além disso, a criança desenvolve noções de espaço e trabalha sua coordenação motora. Este brincar em movimento livre é indispensável para que seja possível um estado de concentração na criança. Mais tarde, na idade escolar, o que foi adquirido no brincar em forma de percepções e noções físicas do mundo, em movimento livre, imaginação, criatividade, coordenação, se transformam em capacidades para o aprender e para o adquirir conhecimento.

3) No Jardim dos Limões as crianças formam uma gostosa família! Ao brincar em grupo, desenvolvem a interação social bem como aprendem a ter percepção de si mesmos e de seu limite individual.

O(A) educador(a) é o exemplo a ser imitado pelas crianças no Jardim e por isto todos os(as) nossos colaboradores(as) buscam desenvolvimento pedagógico e humano. É também o(a) educador(a) quem cria o ambiente onde as crianças passam o seu dia. As cores, o cuidado, a escolha dos brinquedos, tudo isto influencia no desenvolvimento e bem-estar da criança.

Por esta razão no Jardim dos Limões as crianças são preservadas de estímulos eletrônicos (TV, Video Game, Computador, etc) e de imagens estereotipadas, cujas influências acreditamos ser prejudicial ao desenvolvimento de uma imaginação e vontade saudáveis.

4) Aqui as crianças brincam com areia, barro e água, por esta razão é importante as crianças trazerem mudas de roupas a mais, bem como agasalho e calçado extra na mochila. As roupas devem ser confortáveis e simples. Pedimos aos pais que escolham mochilas e roupas sem imagens de personagens ou super-heróis. Um ambiente isento de imagens prontas é favorável ao desenvolvimento da imaginação e do brincar saudável nas crianças.

5) No Jardim dos Limões não alfabetizamos a criança. Com base em nosso Projeto Político Pedagógico, a alfabetização é um processo que só começa a ser trabalhado a partir do 1º ano do Ensino Fundamental.

6) Trabalhamos a Vontade e Autonomia das crianças. Autonomia é quando a criança vai adquirindo, através do exercício de sua vontade, uma habilidade própria. A Vontade é educada na realização das atividades pedagógicas do ritmo diário: no prazer por alimentar-se, no esforço por se vestir e calçar sozinho, no ir ao penico quando no desfralde, no sentar-se para ouvir uma história, no imitar os gestos do(a) educador(a) ao fazer uma roda, etc.

Na repetição diária destas atividades, as crianças vão desenvolvendo hábitos saudáveis. As crianças gostam de realizar estas atividades, pois tudo é conduzido com muita música e alegria! Elas se sentem capazes por realizarem coisas por si e seguras por saber qual é a próxima atividade que virá em seguida.

 

7) Nosso lanche segue um cardápio em que cada dia da semana contempla um cereal ou raiz e frutas da estação. Todos os dias também são servidas frutas secas ou castanhas e acompanhamentos como melado, queijo, manteiga, iogurte. E também chá ou suco de fruta natural.

O lanche é preparado pelo(a) educador(a) na presença das crianças e estas participam na medida do seu interesse (amassam pão, socam gersal, descascam frutas, etc). Buscamos dar à criança alimentos cheios de vida, o menos processado possível, caseiro, preferencialmente orgânicos, pois tudo o que a criança come está formando seu corpo e sua saúde para o futuro adulto.

O momento do lanche é muito especial, de tranquilidade e beleza, onde nos preparamos para receber o alimento e o agradecemos! Respeitamos alergias e intolerâncias alimentares.

(OBS: Durante o período de pandemia não podemos preparar os lanches com as crianças, virão prontos da cozinha)

8) Trabalhamos em conjunto com as famílias, buscando uma harmonia entre casa e jardim. Isto se dará em questões pedagógicas (como o sono, alimentação, ritmo diário, brincar, sobre o desenvolvimento infantil), quando o Jardim busca aproximar as famílias cada vez mais do desenvolvimento dos seus filhos, em sua formação enquanto seres humanos.

Para isto, o Jardim busca oferecer às famílias reuniões em grupo e individuais, momentos de trocas e aprofundamento. Visamos criar uma comunidade ao redor do Jardim, que propicie o convívio social das crianças e suas famílias, pois assim temos um ambiente fecundo para o desenvolvimento da criança. Este convívio tem o intuito pedagógico de criar laços de afetividade e amizade entre as famílias, todos participando de um mesmo ideal. Pois na nossa visão, a comunidade é quem educa a criança.